Entrega de Gás 24h Residencial ItapuãFranca – Zona Oeste

Saiba como diminuir os riscos de acidentes com Gás de cozinha

 

 

 

"{entrega

 

Este severamente de petróleo por destilação fracionada resulta em várias fracções de colossal uso comercial. Entre estas frações, encontra o GLP, composto por propano (molécula com três átomos de carbono) e butano (hidrocarboneto de quatro átomos do carbono).

Os gases propano e butano são estes principais componentes dos gás de cozimento e são altamente inflamáveis, inodoros e incolores. Mas se não têm cheiro, porque logo se ouve um odor característico quando o gases de cozimento perde?

Do fato, aquele cheiro que ouvimos não é nunca de propano ou butano, mas de substâncias do enxofre (compostos tiocompostos ou compostos de enxofre), muito mais especificamente do grupo do tióis, também chamados do mercaptanos.

Estas substâncias adicionadas ao gás de cozedura têm um cheiro demasiado PRI e podem ser facilmente detectadas pelo consumidor, mesmo em baixas concentrações. Este relatório reduz o risco de acidentes.
Em geral, os tióis utilizados incluem etanetiol, butano-1-tiol e 1, 1-Dim EFR efretiol. Abaixo está uma outra fração que é também a fração mais leve obtidas no refino por petróleo é o gases natural. Também pode ser usado em alguns casos, como gás de cozinha em residências e indústrias com instalações específicas.

O gás Natural é composto por hidrocarbonetos com 1 a 2 átomos de carbono, principalmente metano (CH deveria), que podem aparecer em abundância desde 70% até 99%.

Outros componentes são o etano (C2H6), de 0, 5% a 7%, assim como substâncias inorgânicas, como H2S, CO2, N2, He, etc. Este gás GLP não contém substâncias inorgânicas como as mencionadas. Outra diferença foi que, G. GLP indo em tanques, o gases natural é distribuído entre os concessionários (gás encanado ou canalizado na rua).

 

"{entrega

Mas temos outra questão: o a cozinhar a gás é líquida ou gasosa?

Em condições ambientais, os componentes do gases de cozinha (propano e butano) se encontram no estado gasoso. Mas dentro do tanque de aço, este gás é submetido a uma pressão muito alta, o que este torna liquefeito, ou seja, atravessar do estado gasoso ao líquido (daí o nome de Gás líquido pressurizado).

Portanto, se você mover o tanque de gases, sente-se um líquido no interior. Esta mudança no estado de agregação se explica pelo fato por que, quando as substâncias estão em estado gasoso, as partículas (átomos ou moléculas) estão muito distantes entre si.

No entanto, à medida que permite a pressão, essas partículas se aproximam entre si. Quanto mais se aproximam, mais provável é que a substância se transforma em um líquido, e, em seguida, em um sólido. no entanto, não é 100% do volume do tanque estava cheio com este líquido.

De fato, existe um máximo de 85% de gases propano e butano líquidos e um mínimo de 15% dos vapores destes gases. Este procedimento foi realizado por motivos do segurança, para evitar que a pressão sobre este gás se torne demasiado grande e estoure. Nesse caso, quando sai do interior do tanque e é usado em fogão, volta ao estado gasoso, pois a pressão diminuiu.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *